Reflexões… :: Minha relação com o Prog

20 de Julho, 2017
Como um hipopótamo lida com um campo de flores.
The Yes Album

Sempre me considerei um musicista progressivo. Mas como isso começou?

Minha mãe fora cantora, gostava muito de Beatles e cantores de serenata. Cresci ouvindo isso. Quanto eu tinha algo entre dez e doze anos meus pais deram dois álbuns de presente pra mim e meu irmão: não me recordo que álbum ganhei, mas meu irmão ganhou The Yes Album.

Nós jamais tínhamos ouvido algo assim, ficamos fascinados! Porém o nome da banda (Yes) não nos dizia nada. Sabíamos apenas que era rock, mas ninguém de nosso círculo de conhecidos ou de nossos pais tinha ouvido falar em Yes. Era diferente, subversivo, exótico demais.

De alguma forma aquilo me definiu. Quando comecei a fazer música, aquele som exótico de alguma forma direcionava o que eu escrevia. Minha primeira composição, Nimbo, estava contaminada por aquela música subversiva demais até para roqueiros. O resultado é que ninguém quiz tocar comigo por muito tempo.

— Você faz “RPG music”!

— Esse som é muito estranho, ninguém gosta disso!

— Mas que música esquisita é essa?!

Nesse contexto, certa vez ouvi The Delicate Sound of Thunder, álbum deveras pop do Pink Floyd. Gostei – não mais que gostei.

Uns meses depois uma namorada minha me perguntou se eu gostava de Pink Floyd. Em minha inocência, desconhecimento e presunção respondi que sim – afinal de contas havia ouvido aquele álbum e curtido. Ela tinha outro álbum do Pink Floyd do qual ela não havia gostado, então me deu de presente: The Final Cut.

Ouvi e amei.

Comecei a ouvir tudo de Pink Floyd, aprendi sobre as fases da banda, Syd Barrett.

Descobri o rock progressivo. Fui a uma loja de progressivo da cidade, Renaissance Discos, onde aprendi tudo o que pude sobre o gênero. Eu era um parasita, não comprava nada (ou quase nada), passava os dias na loja ouvindo todos os álbuns, aprendendo com o pessoal da loja tudo o que podia sobre rock progressivo.

Ali descobri que o Yes que eu tanto havia admirado na infância era uma banda lendária de progressivo. Descobri também tantos outros músicos e bandas do gênero.

Essa é minha relação com o progressivo.


Música | Pessoal