Reflexões… :: ĤøŅĐΔj̆₀

4 de Setembro, 2018
Um hipopótamo num campo de flores.

ĤøŅĐΔj̆₀

Há uns 10 anos atrás, eu e meu filho mais velho começamos a desenvolver um sistema de RPG simples e genérico, e criamos um blog para rastear a evolução.

Infelizmente o projeto parou alguns meses depois, por falta de tempo.

Continuo sem tempo, mas pretendo retomar o trabalho aos pouquinhos, entre outros projetos, e pra isso ressucitei o blog.

Acessível

A ideia é que o sistema seja acessível, não elitista, portanto precisa poder ser jogado com equipamentos simples:

  • cadernos
  • lápis
  • borrachas
  • um pedaço qualquer de papelão (para esconder a região do GM)
  • dados de seis faces (vulgos d₆)

Princípios básicos

São quatro princípios básicos: dinamismo, acessibilidade, generalidade e inteligibilidade.

  • O sistema numérico e os cálculos devem ser simples e rápidos para não prejudicar a fluidez da sessão – princípio do dinamismo.
  • Os objetos necessários para o jogo devem ser de fácil acesso – caderno, lápis, borracha e dados de seis faces – para que o sistema não se torne um mecanismo elitista. Princípio da acessibilidade.
  • As regras devem ser flexíveis o suficiente para lidar com situações imprevistas, por isso devem ser o mais livres de tabelas possível – princípio da generalidade.
  • Para que os jogadores possam se dedicar à representação, o sistema deve ser intuitivo – princípio da inteligibilidade.

Espero que desta vez o projeto avance, mesmo que a passos de tartaruga. 😬

Jogos | Pessoal